Tendência fitness: yoga e celebridades

02 Out

 

Você sabia que as divas Marilyn Monroe, Audrey Hepburn e Jane Fonda eram, além de estrelas de Hollywood, adeptas da yoga como exercício físico já lá nos anos 50? Pois é, parece que de lá pra cá a popularidade da yoga só aumentou. Adorada por famosos e anônimos, a yoga é hoje o exercício da vez. Top celebridades como Gisele Bündchen, Jennifer Aniston, Gwyneth Paltrow, Reese Witherspoon além de praticar, ajudam a fomentar a modalidade e a popularizar ainda mais a prática – que nos últimos tempos, tornou-se também tendência descolada do mundo fitness.

 

As redes sociais ajudaram a elevar este status: enquanto a über model compartilha fotos suas nas posturas (os chamados asanas) no Instagram,  todo um movimento de yogis – ou iogues, os praticantes de yoga – ganha ainda mais força e se reinventa. Aliás, a versatilidade é o forte desse exercício, que dispensa aparelhos, ambientes adequados e parafernálias comuns aos novos tipos de exercícios como o cross fit, por exemplo. A moda agora é praticar yoga ao ar livre e, de preferência, em lugares inusitados, como o topo de um prédio, embaixo d’água, em meio a cenários paradisíacos ou ainda em cima de uma prancha. E claro, registrar este momento lindo. Tirar aquela foto incrível, perfeita para dar share nas redes sociais, algo que faz parte da tendência tanto quanto os novos exercícios.

Com foco na respiração e combinando posturas à meditação, a yoga (ou ioga, como alguns especialistas preferem chamar) é um exercício completo para o corpo e a mente. A milenar prática da yoga deixou de ser uma atividade alternativa e agora é um dos exercícios mais procurados, competindo inclusive com outros esportes. Os benefícios vão desde uma melhora na flexibilidade e no equilíbrio, ganho de tônus muscular e ainda o relaxamento do estado mental. Além disso, algumas posturas ajudam a fortalecer o sistema imunológico, regular o funcionamento dos sistemas digestório e respiratório e equilibrar a produção hormonal, e claro, reduzir o estresse.

Já em 2000, Madonna levou a modalidade para as telas de cinema quando interpretou uma professora de yoga no filme “Sobrou pra Você”, no qual exibia com orgulho o corpo torneado e musculoso graça ao intenso treino do exercício. A Ashtanga, modalidade que a cantora praticava naquela época, faz transpirar muito, purifica e desintoxica o organismo – ou seja, faz ficar com tudo em cima! E quem não iria querer ter aquele corpão da Madonna? Aos 40 anos e com uma silhueta perfeita, a diva arrastou com ela milhares de praticantes nos quatro cantos do mundo.

Existem vários estilos de yoga, desde os mais tradicionais até as novas modalidades. Uma das práticas mais populares é a da Hatha Yoga, cujo foco é no alinhamento das posturas e na permanência. Além da Ashtanga Vinyasa Yoga, outra prática bastante intensa é a Power Yoga, que promove um forte trabalho aeróbico e muscular e tem elementos da Ashtanga. Assim como a Hot Yoga, variação da Ashtanga praticada em ambientes aquecidos, por volta dos 40º C, e que foi introduzida no Brasil pela também atriz/celebridade Bárbara Paz. Mais inusitado, o Stand Up Paddle Yoga (SUP Yoga) adapta os exercícios da yoga para serem executados em cima de uma prancha, e já ganhou muitos adeptos no país. Quer mais? Novidade no mercado, a recém surgida Voga (Voguing + Yoga), mistura elementos de dança com yoga. Depois de virar hit em Londres, a Voga e sua criadora, Juliet Murrell, já conquistaram Paris e Nova York. Já a Fat Yoga é praticada em turmas exclusivas de obesos. Ou seja, tem para todos corpos e gostos.

 

Então que tal entrar na onda e começar agora? Aqui vão algumas dicas para yogis iniciantes:

1. Escolha a modalidade ideal para você;

2. Caso pratique em alguma escola, chegue antes à aula para tirar quaisquer dúvidas com relação às posturas e ir aquietando a mente para a prática;

3. Tenha seu próprio tapete de yoga e o leve para a aula junto com uma pequena toalha e uma garrafa de água;

4. Outfit: roupas confortáveis e que permitam os mais variados movimentos e posturas;

5. Alimentação: comidas leves antes da prática, como frutas e oleaginosas;

6. Respiração: a base de tudo durante a prática;

7. Respeite seu corpo: se não conseguir realizar alguma postura, não force;

8. Dê tempo ao tempo: yoga é dedicação, resista às possíveis dificuldades iniciais e persista na prática.

Então é isso! Namastê.

 

*Imagens: reprodução

 

Seja o primeiro a comentar:

Comente: